Facebook Pixel

ESOMEX 40MG COM 28 COMPRIMIDOS

R$235,76
Em estoque
SKU
34369

Em estoque: 1

Em 6X de R$ 39,29 sem juros

  • Ou em até 1x de R$ 235,76 sem juros
  • Ou em até 2x de R$ 117,88 sem juros
  • Ou em até 3x de R$ 78,59 sem juros
  • Ou em até 4x de R$ 58,94 sem juros
  • Ou em até 5x de R$ 47,15 sem juros
  • Ou em até 6x de R$ 39,29 sem juros
Os valores apresentados são apenas para consulta, o valor real da parcela será exibido no fechamento do pedido.

Produtos Similares e Genéricos

ESOMEX 40MG COM 28 COMPRIMIDOS (PORTAL DA DROGARIA)
Faça uma Pergunta

Esomeprazol é indicado para o tratamento de doenças ácido-pépticas e alívio dos sintomas de azia, regurgitação ácida e dor epigástrica.

-Doença do refluxo gastroesofágico (refluxo do estomago para o esôfago) (DRGE);

-Tratamento da esofagite (inflamação do esôfago) de refluxo erosiva;

-Tratamento de manutenção para prevenir a recidiva de esofagite;

-Tratamento dos sintomas da DRGE, tais como pirose/azia (queimação retroesternal), regurgitação ácida e dor epigástrica;

-Pacientes que precisam de terapia contínua com antiinflamatórios não esteroidais (AINE);

-Tratamento dos sintomas gastrointestinais altos associados à terapia com ao tratamento com antiinflamatórios;

-Cicatrização de úlceras gástricas associadas ao tratamento com antiinflamatórios, incluindo aqueles anti-inflamatórios mais novos, da classe “COX-2 seletivos”;

-Prevenção de úlceras gástricas e duodenais associadas ao tratamento com antiinflamatórios, incluindo COX-2 seletivos, em pacientes com algum risco adicional;

-Tratamento da úlcera duodenal associada à bactéria Helicobacter pylori;

-Erradicação da bactéria Helicobacter pylori em associação com um tratamento antibacteriano adequado;

-Condições patológicas hipersecretoras incluindo síndrome de Zollinger-Ellison (excesso de produção de ácido clorídrico) e hipersecreção idiopática;

-Manutenção da hemostasia e prevenção de ressangramento de úlceras gástrica e duodenal após tratamento com esomeprazol sódico intravenoso.

 

CONTRAINDICAÇÃO:
Você não deve utilizar esomeprazol se tiver alergia ao esomeprazol, a outros benzimidazóis (medicamentos anti-helmínticos benzimidazólicos – medicamentos para tratar infestação por parasitas) ou a qualquer um dos componentes da fórmula.

 

MODO DE USO:
*Adultos

-Doença do Refluxo Gastroesofágico (DRGE)

Tratamento da esofagite de refluxo erosiva: 40 mg uma vez ao dia por 4 semanas. Um tratamento adicional de 4 semanas é recomendado para pacientes com esofagite não cicatrizada ou que apresentam sintomas persistentes.

Tratamento de manutenção para prevenir a recidiva em pacientes com esofagite: 20 mg uma vez ao dia.

Tratamento dos sintomas da DRGE, tais como, pirose/azia (queimação retroesternal), regurgitação ácida e dor epigástrica: 20 mg uma vez ao dia para os pacientes que não apresentam esofagite. Se o controle dos sintomas não for obtido após 4 semanas, o paciente deve ser investigado. Uma vez resolvidos os sintomas da DRGE, o controle dos sintomas pode ser obtido usando-se esomeprazol magnésico na dose de 20 mg/dia, quando necessário. Em pacientes de risco tratados com antiinflamatórios, o controle dos sintomas utilizando-se um tratamento sob demanda, não é recomendado.

 

-Pacientes que precisam de terapia contínua com antiinflamatórios

Tratamento dos sintomas gastrointestinais altos associados ao tratamento com antiinflamatórios: 20 mg uma vez ao dia em pacientes que continuam precisando tomar antiinflamatórios. Se os sintomas não forem controlados após 4 semanas, o paciente deve ser investigado.

Cicatrização de úlceras gástricas associadas ao tratamento com antiinflamatórios: A dose usual é de 20 mg uma vez ao dia por 4 a 8 semanas. Alguns pacientes podem precisar da dose de 40 mg, uma vez ao dia, por 4 a 8 semanas.

Prevenção de úlceras gástricas e duodenais associadas ao tratamento com antiinflamatórios em pacientes de risco: 20 mg uma vez ao dia.

Tratamento da úlcera duodenal associada ao Helicobacter pylori erradicação do Helicobacter pylori: 20 mg de esomeprazol magnésico com 1 g de amoxicilina e 500 mg de claritromicina, todos duas vezes ao dia, por 7 dias. Não há necessidade da continuidade do tratamento com fármacos antissecretores para a cicatrização e resolução dos sintomas de úlcera.

Condições patológicas hipersecretoras incluindo síndrome de Zollinger-Ellison e hipersecreção idiopática: A dose inicial recomendada é de 40 mg de esomeprazol magnésico, duas vezes ao dia. O ajuste de dose deve ser individualizado e o tratamento continuado pelo tempo clinicamente indicado. Doses de até 120 mg foram administradas duas vezes ao dia.

Manutenção da hemostasia e prevenção de ressangramento de úlceras gástricas e duodenais após tratamento com esomeprazol sódico IV: 40 mg uma vez ao dia por 4 semanas. O período do tratamento oral deve ser precedido por terapia de supressão ácida com esomeprazol sódico iv 80 mg administrado por infusão em bolus por 30 minutos, seguido por uma infusão intravenosa contínua de 8 mg/h administrada durante 3 dias.

 

*Crianças 12-18 anos

-Doença do refluxo gastroesofágico (DRGE)

Tratamento da esofagite de refluxo erosiva: 40 mg uma vez ao dia por 4 semanas. Um tratamento adicional de 4 semanas é recomendado para os pacientes com esofagite não cicatrizada ou aqueles que apresentam sintomas persistentes.

Tratamento dos sintomas da DRGE: 20 mg uma vez ao dia para os pacientes que não apresentam esofagite. Se o controle dos sintomas não for obtido após 4 semanas, o paciente deve ser investigado. Uma vez resolvidos os sintomas da DRGE, esomeprazol magnésico pode ser usado na dose de 20 mg/dia e sob supervisão médica.

O tratamento com esomeprazol magnésico para crianças (12 – 18 anos) deve ser limitado a 8 semanas.

 

*Crianças

Esomeprazol magnésico não deve ser usado em crianças menores de 12 anos, pois não há dados disponíveis.

 

*Insuficiência renal

Não é necessário ajuste de dose para os pacientes com insuficiência renal. Devido à experiência limitada em pacientes com insuficiência renal grave, esses pacientes devem ser tratados com precaução.

 

*Insuficiência hepática

Não é necessário ajuste de dose para os pacientes com insuficiência hepática de leve a moderada. Para os pacientes com insuficiência hepática grave, uma dose máxima diária de 20 mg de esomeprazol magnésico não deve ser excedida.

 

*Idosos

Não é necessário ajuste de dose para idosos.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

 

Mais informações
EAN 7894916508971
Princípio Ativo Esomeprazol Magnésico 40mg Comprimidos
Escreva sua Própria Avaliação
You're reviewing:ESOMEX 40MG COM 28 COMPRIMIDOS
WhatsApp Chat WhatsApp Chat